quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Indignação (Parte II)



O que estão fazendo uns aos outros?


É isso mesmo, como não bastasse o que o homem faz com a natureza e com a Terra onde vive, ele se dá ao desplante de fazer pior com seu semelhante, não falo só de questões físicas, mas de questões morais e psicológicas também.



A DESUMANIDADE é tanta, e por coisas tão banais, qualquer coisa é motivo para que as pessoas cometam as mais cruéis atrocidades, se julgam donos da verdade e com isso se acham no direito de matar ou violentar em nome de uma religião que não os ensinaram a amar, baseados em um preconceito com o qual não aprenderam a conceituar o RESPEITO À
DIVERSIDADE,
levados por um racismo adquirido por uma cultura arcaica ou mesmo por pura maldade.



Eu fico puta (me perdoem pelo termo), puta mesmo, da vida e mega indignada com isso, por este motivo estou a compartilhar mais essa minha INDIGNAÇÃO.

Isso me faz pensar em algo que escutei certa vez.
“Quanto mais conheço os homens, mais prefiro os animais.”



Então, tomada por uma súbita empolgação, li mais uma vez “O Pequeno Príncipe”. Confesso que já perdi a conta de quantas vezes o li, mas sempre aprendo algo novo a cada leitura, algo que havia me escapado na leitura anterior.

- O que isso tudo tem a ver com tema de hoje? - você me pergunta.

- Como assim? - eu digo - Tem tudo a ver, pois esse livro nos mostra valores que a muito tempo foram esquecido pelos homens, valores que nem são mais ensinados.

Pois bem, vou dar minha opinião sobre algo que li, nesse livro, e que me deixou horas pensando à respeito.

Nossa! Isso me tirou mesmo o sono, fiquei pensando na profundidade dessa frase e me dei conta de como as pessoas , além de crueis, são superficiais e isso não é de hoje, afinal esse livro foi escrito em 1940 por Antoine de Saint-Exupéry e desde então as pessoas vem sendo alertadas sobre estarem perdendo valores essenciais sendo tão superficiais.

Eis a prova e a tal frase da qual falei.
“Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.”



Muitos lêem essa frase e não vêem nada demais.

- É uma simples frase. - diriam.

- Não é uma simples frase! - lhes digo.

É um dos maiores valores que se pode adquirir ao longo da vida. A prova cabal de que temos que ver o melhor que há em cada pessoa, seus valores pessoais, seu caráter, a doçura em seu coração, seu respeito e amor diante da vida e não seus cartões de crédito, a quantidade de dígitos em suas contas bancárias, quantos carros possue, o quão grande e cara é sua casa ou seus outros bens materias, porque tudo isso acaba, tudo o que se leva são as lembranças e o mais importante que se deixa são os valores morais, pois o essencial é realmente invisível aos olhos e o melhor só pode ser visto com coração, afinal não se pode ver o quão especial é uma pessoa até que ela esteja em seu coração.

Por isso é que eu digo:
"Felizes são as crianças, pois elas conseguem ver além do que está diante do olhos".

E tenho dito!!!
¬¬

Gisa Lima


Imagens: Web

2 comentários:

Flor de Azeviche disse...

Nossa, Gi
Estou sem palavras, voce falou tudo o que fica engasgado (e escondido) em muitas gargantas. O seu post foi explêndido. Espero que com todas essas perfeitas, algo mude, e, que seja para melhor.

Beijos

»»Luh«« disse...

É isso aí, Gi...
Concordo em gênero, n~umero e grau!

Post perfeito!! Argumentação maravilhosa!!

Beijocassss...

"pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo"

Related Posts with Thumbnails

GREENPEACE