sábado, 26 de setembro de 2009

Porque ela é toda boa...

Alguma dúvida de que ela é boa?



Então pense...




Não se convenceu?




Então pense mais um pouco...




É...

Ela realmente é bouuuuuuaaa!!!

Ô lá em casa!!!



Gisa Lima

Megan Fox beija Amanda Seyfried

Pois é!

Megan Fox e Amanda Seyfried em cena lésbica no filme "Jennifer`s Body" que estréia no Brasil em 23/10/2009

Como tudo passa antes pela web (básico), confira aí a cena (Dio mio!!!).




Sinopse: Ao ficar possuída, líder de torcida começa a matar os rapazes de uma pequena cidade.



Gisa Lima

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Você não me ensinou a te esquecer...



Oi,

Gostaria de dizer tantas coisas, mas receio que qualquer coisa que eu disser não mudará nada. Eu continuarei aqui caminhando com esse amor dentro de mim e você aí caminhando com sua nova vida. Vida na qual não há espaço para mim, mas mesmo assim, desejo do fundo do coração e com todas as minhas forças (isso não é sarcasmos, a propósito) que você seja feliz, que fique bem e sempre se lembre que, se precisar, pode contar comigo pra qualquer coisa, estarei sempre aqui como um porto seguro em meio às tempestades.

Lembre-se que meu amor por ti é incondicional e nunca acabará, o verdadeiro amor é assim, sempre levamos conosco.

Você disse que eu não havia lhe pedido perdão, não seja tão injusta comigo meu amor, é claro que lhe pedi, e faço isso novamente e quantas vezes forem necessárias, seu perdão é tudo que almejo.
Algo que você disse me fez pensar e realmente é verdade, "nunca fomos um casal", pena que não seremos.

Bem... Não tenho mais tanto a dizer, afinal tudo que havia de ser dito já o foi e agora você sabe de tudo o que sinto com 100% de certeza.

Estranho como tudo me faz lembrar de você, todas a músicas que ouço, todos os poemas que leio, tudo que vejo, cada coisa ou cheiro me traz alguma recordação de você.

A música "Você não me ensinou a te esquecer", trilha do filme "Lisbela e o Prisioneiro", sempre foi sinal de que eu estava pensando em você e todos sabem disso. Agora quero que você saiba também, sempre que a escutar pode ter certeza que neste momento estarei pensando em você. Abaixo postei o vídeo com a cena do filme onde toca a "nossa" música.

Sua...




Música: Você não me ensinou a te esquecer
Intérprete: Caetano Veloso
Vídeo: Youtube


Cena do filme Lisbela e o Prisioneiro, uma das cenas mais lindas do cinema nacional. No vídeo acima você contempla a interpretação da lindíssima Débora Falabella como Lisbela e Selton Mello como Leléu.
Pra quem ainda não assistiu, deixo aí a dica.

Baci nel cuore.


Gisa Lima

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Patrick Swayze



Nesta segunda-feira(14/09) morreu aos 57 anos, vítima de um câncer no pâncreas, o ator Patrick Swayze que lutou contra a doença por aproximadamente 20 meses (digno!). Segundo seu assessor à revista People, o ator faleceu em paz e ao lado da família.



Diagnosticado com um tumor malígno em Fevereiro de 2008, o ator passou por um radical tratamento de quimioterapia.



Patrick Swayze estreou no cinema em 1979, mas foi no filme "Dirty Dancing"(1987) que o ator obteve seu primeiro grande êxito, porém foi com o filme "Ghost - Do Outro Lado da Vida"(1990) que Patrick conseguiu o estrelato mundial e ganhando, um ano depois, o título de "Homem mais Sexy" do ano para a revista People.


É uma lamentável perda, um artista completo, não só atuava, como cantava e dançava divinamente bem.

Que ele encontre paz!



Gisa Lima

domingo, 13 de setembro de 2009



Sete cidades

Já me acostumei com a tua voz
Com teu rosto e teu olhar
Me partiram em dois
E procuro agora o que é minha metade

Quando não estás aqui
Sinto falta de mim mesmo
E sinto falta do meu corpo junto ao teu


Meu coração é tão tosco e tão pobre
Não sabe ainda os caminhos do mundo

Quando não estás aqui
Tenho medo de mim mesmo
E sinto falta do teu corpo junto ao meu


Vem depressa pra mim
Que eu não sei esperar
Já fizemos promessas demais
E já me acostumei com a tua voz
Quando estou contigo estou em paz
Quando não estás aqui
Meu espírito se perde, voa longe



Composição: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá

Oi,

Lembra-se do dia em que você me telefonou pra que eu ouvisse essa música em uma rádio?

Desde então, ouví-la, sempre me fez lembrar de você e daquele momento.

A cada momento que a espera por ti se tornava insuportável.

A cada momento que você se tornava apenas uma doce lembrança.

Algo sempre me fez ter esperança de te ter novamente, não sei dizer bem o que era, algo em meu interior, como uma voz a dizer-me que você sempre estaria presente aqui dentro de meu peito.

Como foi bom olhar no fundo de seus olhos e perceber que não fui a única a sentir amor por todo esse tempo.


Sua...





Gisa Lima

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Melhor pra Mim

Olá,

Que bom que voltou, e como demorou pra voltar.

A vida sempre deu um jeito de nos aproximar.

Destino talvez?

Lembro-me do dia em que, com tantos lugares em nossa cidade pra te encontrar, fui te ver justo em uma cidade tão longe da nossa, rs...

Lembro-me também do dia em que nos conhecemos, e como nos conhecemos, rs...

Descobri que sempre te amaria no momento em que nossos olhares se cruzaram.

Descobri que sempre te amei no momento em que te beijei, e que você era a metade, em mim, que faltava.

Senti como se seu olhar invadisse minha alma e desvendasse todos os meus segredos e todos os mistérios do meu coração.

Que infortunio da vida foi o momento em que a minha não estava mais unida à sua.

Algumas coisas nunca voltam a ser como antes, não é mesmo meu amor?

Meu coração quer, mas minha mente não deixa.

A simples mensão de sua presença me faz lembrar do que havia de melhor em mim.

Mas me faz lembrar, também, do que de pior despertou e mim.

O fato de nunca tê-la esquecido não quer dizer que nutri por todo esse tempo a idéia de uma possível união de nossas vidas novamente, mas também nunca descartei essa hipótese, porque sei que nossas vida podem não estar unidas, mas nossas almas nunca se separaram.

Até hoje pensei que nunca fosse conseguir ser feliz com mais alguém.

Cheguei a pensar na veracidade da frase de Raul Seixas:

"Porque quando eu jurei meu amor eu traí a mim mesmo; Hoje eu sei que ninguém nesse mundo é feliz tendo amado uma vez."

De fato acreditei, e ainda acredito, que é difícil alcançar a felicidade plena tendo amado uma vez.

Sei que meu amor por ti sempre existiu e sempre existirá, mas agora está guardado.

Sei também que nosso momento, nesta vida, passou, talvez não haja uma nova chance, provavelmente em uma nova vida, se é que existe, nunca se sabe...

Eu mudei, você mudou, nossas vidas mudaram, tomaram novos rumos.

Sei amor, que sempre haverá, meio que, um vazio em mim e sei que isso se deve à sua ausência em minha vida.

Mas preciso ir... Preciso tentar... Saiba que falo isso com lágrimas nos olhos.

Ah... E como dóe dentro de meu peito. Essa é uma das feridas que não há de cicatrizar.

Queria poder falar de amor com você, olhar seu sorriso todas as manhãs, sentir seu cheiro (meu Deus como eu amava isso), abraçá-la todas as noites ao dormir, como era antes, lembra-se?

Éramos tão felizes.

Sei que tratei nosso amor com irresponsabilidade.

Éramos jovens demais.

Eu era jovem demais pra saber lidar com nossos sentimentos de forma responsável.

Perdoe-me por cada vez que te magoei, por cada vez que te fiz chorar, por não ter te amado como você merecia e por ter te feito conhecer o lado ruim do amor.

E obrigada meu amor...

Por tudo de bom que você representou em minha vida;

Por existir;

Por ter me feito descobrir o que é o amor;

Por permitir que eu te amasse;

Por ter te encontrado;

Por acreditar em almas gêmeas;

Por nossas noites de amor;

Por nossas brigas, e tivemos uma porção delas, rs... ;

Por seus beijos;

Por seu inesquecível abraço;

Por quando você fazia carinho em meu rosto, ah... (suspiros) e como era bom sentir seu toque;

Por cada vez que fecho os olhos e posso sentir cada momento como se tivessem sido ontem;

Por saber que você sempre será quem irei amar.

Não sei mais o que dizer, mas só tem mais uma coisa que quero que saiba, em vista disso tudo que disse...

Sua...





Gisa Lima

"pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo"

Related Posts with Thumbnails

GREENPEACE