segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Quando me amei de verdade...




"Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.

Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.

Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.

Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.

Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.

Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.

Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.

Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!

Charles Chaplin



Gisa Lima

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Escritório Caverna do Dragão


Escritório = Caverna do Dragão: Quem trabalha em São Paulo sabe disso. O escritório geralmente fica num lugar longe pra caramba, cheio de perigos para chegar (Marginal Tietê, enchente, trânsito), onde você nunca sabe como chegou e tem que penar para sair. Na verdade quando você entrou nele parecia um parque de diversão, mas na verdade é o lugar onde você vai passar por todo tipo de perrengue antes de voltar pra casa!


Gerente = Mestre dos Magos: Responsável por te colocar nas maiores enrascadas, sempre aparece do nada, pergunta umas paradas nada a ver, não tem reposta para nenhuma de suas perguntas, nunca ajuda e por ele você não sai nunca da Caverna do Dragão. Dizem que ele tem um poder e conhecimento ilimitado, mas você nunca vai ver em utilização. Se é que é verdade mesmo…


Estagiário= Uni: Só faz volume no grupo, não tem nenhuma habilidade especial, não sabe falar (nem escrever), precisa ser salva a toda hora colocando a equipe toda em perigo. Na verdade ninguém sabe porque ela está ali, e sempre tem um que se sacrifica para ajudá-la.




Diretor= Vingador: Como se não bastasse o Mestre dos Magos para encher o saco, o Vingador (que não tem nada a ver com você ou com seus problemas) vem toda hora te torrar a paciência, aumentando suas tarefas (ou enrascadas) e tentando te aterrorizar com prazos e atividades que você não pode cumprir. Na verdade a função principal dele ninguém sabe direito, mas é um dos seres mais temidos da Caverna do Dragão, que sempre aparece na hora errada e quando aparece você sabe que vem encrenca…





Equipe de Assistentes = Eric, Presto e Diana: Tem um que sempre quer se defender de tudo quanto é bucha (com o escudo) e está sempre reclamando por isso, outro que é obrigado a fazer mágica para cumprir a demanda (com o chapéu), e no final todo mundo acaba tendo que pular todos os processos (com o bastão) para o sistema voltar a funcionar….




Analistas = Bobby, Sheila e Hank: Sempre precisa conseguir fazer qualquer coisa (arma, defesa, corda) com apenas um arco e flecha e tem sempre um novato que vem e acaba quebrando tudo o que funcionava perfeitamente (com o tacape). E a Sheila? Digamos que sempre tem um que desaparece quando mais se precisa…




Cliente= Tiamat: No fundo, só quer ter um pouco de sossego. É gigante e poderoso. A Uni (estagiário) acha que ele vai comê-la, por isso se caga de medo e perde a voz perto dele, o Vingador (Diretor) que se acha o maioral, também treme na base e acaba cedendo a tudo o que ele pede, o Mestre dos Magos (Gerente) não ajuda em nada mesmo, só fica perguntando coisas sem sentido e some quando se precisa dele, e sempre sobra para o resto que sempre se f*#% para vencê-lo a qualquer custo… E depois, com todo mundo cansado e sem paciência, o Mestre dos Magos e o Vingador voltam para trazer mais um desafio antes de te deixar voltar para casa…

Gisa Lima


P.S.: recebido por e-mail

Créditos: http://www.elemento42.com.br/?p=1031

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O cravo não brigou com a rosa...

O TEXTO É LONGO MAIS DE LEITURA MUITO INTERESSANTE ...

(não disse que concordo ou discordo, só disse que é interessante...)


 

Assunto: O cravo não brigou com a rosa...

 

A análise é interessante. Hoje é tudo diferente... inversão de valores, ta aí !!! O CRAVO NÃO BRIGOU COM A ROSA - Texto de Luiz Antônio Simas.

 

 

Chegamos ao limite da insanidade da onda do politicamente correto. Soube dia desses que as crianças, nas creches e escolas, não cantam mais O cravo brigou com a rosa. A explicação da professora do filho de um camarada foi comovente: a briga entre o cravo - o homem - e a rosa - a mulher - estimula a violência entre os casais. Na nova letra "o cravo encontrou a rosa/ debaixo de uma sacada/ o cravo ficou feliz / e a rosa ficou encantada". Que diabos é isso? O próximo passo é enquadrar o cravo na Lei Maria da Penha. Será que esses doidos sabem que O cravo brigou com a rosa faz parte de uma suíte de 16 peças que Villa Lobos criou a partir de temas recolhidos no folclore brasileiro? É Villa Lobos, cacete!

 

Outra música infantil que mudou de letra foi Samba Lelê. Na versão da minha infância o negócio era o seguinte: Samba Lelê tá doente/ Tá com a cabeça quebrada/ Samba Lelê precisava/ É de umas boas palmadas. A palmada na bunda está proibida. Incita a violência contra a menina Lelê. A tia do maternal agora ensina assim: Samba Lelê tá doente/ Com uma febre malvada/ Assim que a febre passar/ A Lelê vai estudar. Se eu fosse a Lelê, com uma versão dessas, torcia pra febre não passar nunca. Os amigos sabem de quem é Samba Lelê? Villa Lobos de novo. Podiam até registrar a parceria. Ficaria assim: Samba Lelê, de Heitor Villa Lobos e Tia Nilda do Jardim Escola Criança Feliz.

 

 Comunico também que não se pode mais atirar o pau no gato, já que a música desperta nas crianças o desejo de maltratar os bichinhos. Quem entra na roda dança, nos dias atuais, não pode mais ter sete namorados para se casar com um. Sete namorados é coisa de menina fácil. Ninguém mais é pobre ou rico de marré-de-si, para não despertar na garotada o sentido da desigualdade social entre os homens. Dia desses alguém [não me lembro exatamente quem se saiu com essa e não procurei a referência no meu babalorixá virtual, Pai Google da Aruanda] foi espinafrado porque disse que ecologia era, nos anos setenta, coisa de viado. Qual é o problema da frase? Ecologia, de fato, era vista como coisa de viado. Eu imagino se meu avô, com a alma de cangaceiro que possuía, soubesse, em mil novecentos e setenta e poucos, que algum filho estava militando na causa da preservação do mico leão dourado, em defesa das bromélias ou coisa que o valha. Bicha louca, diria o velho.

 

 Vivemos tempos de não me toques que eu magôo. Que me desculpem os paladinos da cartilha da correção, mas isso é uma tremenda babaquice. O politicamente correto é a sepultura do bom humor, da criatividade, da boa sacanagem. A expressão coisa de viado não é ofensa a bicha alguma. Daqui a pouco só chamaremos o anão - o popular pintor de roda-pé ou leão de chácara de baile infantil - de deficiente vertical. O crioulo - vulgo picolé de asfalto ou bola sete (depende do peso) - só pode ser chamado de afrodescendente. O branquelo - o famoso branco azedo ou Omo total - é um cidadão caucasiano desprovido de pigmentação mais evidente. A mulher feia - aquela que nasceu pelo avesso, a soldado do quinto batalhão de artilharia pesada, também conhecida como o rascunho do mapa do inferno - é apenas a dona de um padrão divergente dos preceitos estéticos da contemporaneidade. O gordo - outrora conhecido como rolha de poço, Orca, baleia e bujão - é o cidadão que está fora do peso ideal. O magricela não pode ser chamado de morto de fome, pau de virar tripa e Olívia Palito. O careca não é mais o aeroporto de mosquito, tobogã de piolho e pouca telha. Nas aulas sobre o barroco mineiro, não poderei mais citar o Aleijadinho. Direi o seguinte: o escultor Antônio Francisco Lisboa tinha necessidades especiais... Não dá.

 

O politicamente correto também gera a morte do apelido, essa tradição fabulosa do Brasil. O recente Estatuto do Torcedor quer, com os olhos gordos na Copa de 2014, disciplinar as manifestações das torcidas de futebol. Ao invés de mandar o juiz pra..., cantaremos nas arquibancadas o allegro da Nona Sinfonia de Beethoven, entremeado pelo coro de Jesus, alegria dos homens, do velho Bach. Falei em velho Bach e me lembrei de outra. A velhice não existe mais. O sujeito cheio de pelancas, doente, acabado, o famoso pé na cova, aquele que dobrou o Cabo da Boa Esperança, o cliente do seguro funeral, o popular tá mais pra lá do que pra cá, já tem motivos para sorrir na beira da sepultura. A velhice agora é simplesmente a "melhor idade". Se Deus quiser morreremos, todos, gozando da mais perfeita saúde. Defuntos? Não. Seremos os inquilinos do condomínio Cidade do pé junto.

 

Abraços Luiz Antônio Simas (Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor de História do ensino médio).





Recebido por e-mail


Gisa Lima

 

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Trio feminino Cáustica lança seu primeiro EP: “Musas e Medusas” no show com Matanza e Dead Fish em São Paulo


 

Musas, Medusas e muito Rock'nRoll

 

Trio feminino lança seu primeiro EP: "Musas e Medusas" no show com Matanza e Dead Fish em São Paulo

 

 

Musas e Medusas é o nome do novo trabalho da Banda Cáustica, trio feminino que aposta no lugar fronteiriço entre o Rock e outras vertentes musicais. Para apresentar seu novo trabalho nada melhor do que fazê-lo com roqueiros de estrada como Matanza e Dead Fish, mesmo que seja para apontar novas direções às batidas clássicas e contagiantes do bom e velho rock. É justamente para dialogar e corromper que o EP "Musas e Medusas" será apresentado ao público dia 13 de agosto no Domina Mundi Music Festival em São Paulo.

 

O EP surgiu da pesquisa sonora e poética que procura trazer à tona angústias e experiências do universo feminino com a sutileza e agressividade típicas das mulheres Cáusticas. Sem medo das contradições, as Cáusticas corroem o jazz, o pop e o rock em busca de uma sonoridade única e de uma dissolução capaz de contagiar e estarrecer o público ao mesmo tempo.

 

Banda Cáustica

 

A banda Cáustica, ex Caution, completou  uma década de existência em 2010 e decidiu se corromper, por que não? Quebrar as barreiras de estilos e trafegar num universo estético sem fronteiras: mesclando música com outras artes: literatura, artes cênicas e artes visuais.  E são de experiências diversas no universo sonoro e artístico que as mulheres cáusticas se unem para compor músicas que dialogam mais com o indie-rock, isso para quem quer algum tipo de definição.

 

A Caution foi uma das primeiras bandas de rock feminino de Belo Horizonte e em 2008 recebeu em São Paulo, o Prêmio GRC Music 2008, na Categoria Revelação. Com duas demos lançadas: "Caution: Think about your life" (2002) e "Caminos" em 2006, material distribuído no circuito alternativo da América Latina: Argentina e Chile e também na Europa: Bélgica e Alemanha, hoje, como Cáustica, com letras em português, a banda acredita que pode alcançar vôos mais altos, pois há uma cena grande para ser explorada ainda e um novo público a ser marcado pelo som destas mulheres.

 

A banda, depois de ter passado por algumas formações, encontrou novas identidades com a união de Brenda Mars (bateria), Polly Alves (baixo) e Pâmilla Vilas Boas (guitarra e voz). A partir do encontro dessas musicistas passou a produzir um som próprio, fruto da mescla de bagagens diferentes e amadurecimento musical das integrantes que já tiveram várias experiências como artistas.

 

Com esta formação a Cáustica se apresentou em 2010 na edição de Belo Horizonte do festival internacional Lady Fest, ao lado de bandas femininas como Dominatrix e na praça da Estação de Itabirito, no sábado de Carnaval, no Festival Grito Rock,  o maior festival integrado da América Latina, realizado em 9 países: Brasil, Uruguai, Bolívia, Chile, Panama, Costa Rica, Honduras e El Salvador. Em abril deste ano, a Cáustica fez um pocket show durante a Feira Brasileira de Eventos, na Serraria Souza Pinto, despertando a atenção de produtores, público e outros artistas. Em junho tocou no Money Festival, na Lapa, Rio de Janeiro e no Centro Cultural Nem Secos, em Belo Horizonte.

 

A Cáustica mescla nos shows linguagens de outras artes, principalmente performances poéticas, já que a baterista Brenda Mars se destaca no cenário da poesia, com circulação de livros e apresentações em várias partes do Brasil e do mundo: Chicago (Estados Unidos), Paris (França), Dakar (Senegal), Havana (Cuba), Lisboa (Portugal), Buenos Aires (AR), Caracas (Venezuela), Santiago (Chile) e Montevidéu (Uruguai).

 

Serviço:

 

SÃO PAULO

Domina Mundi Music Festival

13 de agosto de 2011

Local: Clube de Regatas Tietê

Lançamento do EP da Cáustica "Musas e Medusas"

Divulgação na Kiss FM. (Bandas confirmadas: Cáustica, Medulla, Matanza e Dead Fish)

 

Ingressos promocionais com direito ao EP pelos telefones (31) 87492044  (11) 84072508.

ou pelos emails caustica@caustica.com.br, pamillaribeiro@gmail.com
 

Banda Cáustica
caustica.com.br (em construção)

Escute: http://www.myspace.com/bandacaustica

http://pamillaribeiro.tnb.art.br/

Discuta: http://musicadefronteira.blogspot.com/
www.facebook.com/bandacaustica

 

Contatos para entrevistas:
caustica@caustica.com.br

(31) 88119469 / (31) 32276869


Crédito da foto: Fernanda Figueiredo



--
Pâmilla Vilas Boas
(31) 87492044
Jornalista Cinema no Rio São Francisco
 

--
Brenda Marques Pena
Presidente do Instituto Imersão Latina (IMEL)
http://imersaolatina.com
(31) 8811-9469 (31) 32276869

FESTIVAL DOMINA MUNDI [ 13/08 ] Matanza, Dead Fish , Cáustica , Insect Fly - Ingressos a R$ 20,00


Olá Pessoal !
 
Segue abaixo as informações sobre o Festival Domina Mundi que acontecera em São Paulo dia 13 de Agosto ( Sabado )  no Clube de Regatas Tietê com as bandas Matanza, Dead Fish, Insect Fly e com a banda feminina de B.H Cáustica no qual estara fazendo o show de lançamento do EP Musas e Medusas e quem comprar os ingressos referente ao primeiro lote no valor de R$ 20,00 diretamente com a Banda ou atraves do e-mail smarcaonet@gmail.com.br , ou na Loja Mechanix ( Galeria do Rock )  ganhara o EP a ser retirado no dia do show mediante entrega do vale EP que estara junto com o ingresso.
 
Importante : somente ganhara o EP quem comprar o ingresso do primeiro lote de R$ 20,00 atraves dos pontos de vendas abaixo  >
 
 
Banda Cáustica ( Brenda )  - brendajornalista@gmail.com ou através dos sites   http://myspace.com/bandacaustica e http://youtube.com/causticabanda
 
Loja Mechanix - Galeria do Rock / São Paulo / Rua 24 de Maio 62 - 1º andar loja 252 - Tel > 11 -  3223-8101 ( A partir de 21/07 )
 
 
Segue abaixo um breve release da banda Cáustica e o cartaz do show !
 

 
As mulheres Cáusticas lançam o EP Musas e Medusas no dia 13 de agosto, no Domina Mundi Music Festiva que terá shows de Matanza, Dead Fish, Insect Flye entre outras bandas.

A Cáustica é formada por Brenda Mars (bateria), Pâmilla Vilas Boas (guitarra e voz) e Polly Alves (baixo). Para conferir o som, acesse: http://myspace.com/bandacaustica e http://youtube.com/causticabanda

O show será no Clube Regatas Tietê (Avenida Santos Dumont, 843 - Próximo ao metrô Armênia). Para ingressos promocionais com direito ao EP Musas e Medusas da banda Cáustica, que será lançado no evento, entre em contato com Brenda (31) 88119469 ou em São Paulo com Marcão (11) 3539-6372
 

 

terça-feira, 19 de julho de 2011


Sem Radar
LS Jack
Composição: Marcos Menna

É só me recompor
Mas eu não sei quem sou
Me falta um pedaço teu
Preciso me achar
Mas em qualquer lugar estou
Rodando sem direção eu vou...
Morcego sem radar
Voando à procurar
Quem sabe um indício teu
Queimando toda fé
Seja o que Deus quiser
Eu sei!
Que amargo é o mundo sem você....
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você voltar...
É só me recompor
Mas eu não sei quem sou
Me falta um pedaço teu
Queimando toda fé
Seja o que Deus quiser
Eu sei!
Que amargo é o mundo sem você...
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você...
Escrevendo minha própria lei
Desesperadamente eu sei
Tentando aliviar
Tentando não chorar
Por mais que eu tente esquecer
Memórias vem me enlouquecer
Minha sentença é você...
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você voltar
Voltar!...


SDD =/

P.S.: EU TE AMO!

Gisa Lima

quinta-feira, 14 de julho de 2011


Melhor Pra Mim
Leoni

Olhando as estrelas
Nada no espaço
Fica parado no lugar
A terra se move
Os carros na estrada
Eu dentro de um deles
Corro mais
Só prá te encontrar...
Olhando o relógio
O tempo não passa
Quando eu me afasto de você
Mas se de repente
Ele fica apressado
E as horas disparam
É só porque encontrei você...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim...
Olhando as pessoas
Falando de espaço
Mantendo distância
Sem saber
Que antigas verdades
Viraram mentiras
E nada protege
De uma paixão
Vir acontecer...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim...
E aí tudo muda
Olhando pro céu
E aí tudo muda
Penso em você e eu...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim...
A ciência confirma os fatos
Que o coração descobriu
Nos seus braços
Sempre me esqueço
De tempo, espaço e no fim...
Tudo é relativo
Quando te fazer feliz
Me faz feliz
Se a história for
Sempre assim
Melhor prá mim...





Gisa Lima

quinta-feira, 7 de julho de 2011

DIGA SIM


Diga Sim Pra Mim
Isabella Taviani
Composição: Isabella Taviani

Eu pensei em comprar algumas flores
Só pra chamar mais atenção
Eu sei, já não há mais razão pra solidão
Meu bem, eu tô pedindo a sua mão
Então case-se comigo numa noite de luar
Ou na manhã de um domingo a beira mar
Diga sim pra mim
Case-se comigo na igreja e no papel
Vestido branco com bouquet e lua de mel
Diga sim pra mim
Ahhh , Sim pra mim
Eu pensei em escrever alguns poemas
Só pra tocar seu coração
Eu sei, uma pitada de romance é bom
Meu bem, eu tô pedindo a sua mão
Então case-se comigo numa noite de luar
Ou na manhã de um domingo a beira mar
Diga sim pra mim
Case-se comigo na igreja e no papel
Vestido branco com bouquet e lua de mel
Diga sim pra mim
ahh Sim pra mim
Prometo sempre ser o seu abrigo
Na dor, o sofrimento é dividido
Lhe juro ser fiel ao nosso encontro
Na alegria,a felicidade vem em dobro
Eu comprei uma casinha tão modesta
Eu sei, você não liga pra essas coisas
Te darei toda a riqueza de uma vida
O meu amor
Então case-se comigo numa noite de luar
Ou na manhã de um domingo a beira mar
Diga sim pra mim
Case-se comigo na igreja e no papel
Vestido branco com bouquet e lua de mel
Diga sim pra mim
Sim pra mim
Case-se comigo
Case-se comigo
Case comigo meu amor
Case-se comigo
Case-se comigo
Case comigo meu amor






Porque a vida sempre nos presenteia com maravilhas a cada manhã, que a vida da cada leitor, que por aqui passar, seja abençoada como a minha está sendo.

Gisa Lima

terça-feira, 5 de julho de 2011


IGUAIS

Isabella Taviani

Composição: Isabella Taviani

No dia em que ela se declarou a cidade inteira
silenciou
Todos queriam ouvir a resposta
Águias com seus vôos razantes, urubus a espreita
de um pobre instante
Rezando pelo não nas suas costas
E ela cantava o seu amor
Com a sua garganta bran-ca
E ela jurava o seu amor
Com sua garganta San-ta
No dia em que a outra decidiu enfrentar o mundo
por aquele amor
Sentiu o peso sobre seus ombros
Pai, mãe, filho, irmãos, amigos e um casamento
antigo
Julgamentos e seus escombros
Mas elas se amavam tanto
Que já não cabia engano
Mas elas se desejavam tanto
Mesmo o futuro uma tela em branco
Nunca foi tarde demais
O medo, a verdade desfaz
Águias, urubus, julgamentos, fobias, força bruta
Tudo é pouco demais
Código civil, onde se viu, nêgo que enrustiu não
separa os iguais






Gisa Lima

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Águas Turbulentas



"O que é meu eu deixo livre, se voltar é porque é meu, se não voltar é porque nunca me pertenceu."
Exupéry




"Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos,
resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.
Por isso, digo, quando não obtivermos o amor,
o afeto ou a ternura que havíamos solicitado,
melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente,
mas nunca por força de imposição.
Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;
outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa.
Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido.
Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer.
Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado,
resta-nos um só caminho...
o de mais nada fazer."

Clarice Lispector



Águas Turbulentas

"Muitas pessoas preferem a segurança de um "porto-seguro" à incerteza de navegar em "águas desconhecidas".
Aos que se arriscam impensáveis tesouros podem ser revelados nas águas mais turbulentas, que nem a segurança ou a estabilidade do porto mais seguro podem compensar;
Aos que ficam restará apenas um eterno pesar pelo risco não corrido."

Gisa Lima

segunda-feira, 27 de junho de 2011

CAMPANHA CONTRA MOTORISTAS LAZARENTOS !!!!

Recebi por e-mail e achei genial, pois já fiquei muito “puta-da-vida” com diversas situações como estas...

CAMPANHA PARA MOTORISTAS LAZARENTOS !!!!

O cara que escreveu isso estava muito puto e acabou ficando engraçado, o item 9 é o máximo. Estou repassando para os amigos para o caso de, se conhecerem alguém que se enquadre em algum perfil abaixo, fazerem chegar até essa pessoa.


MOTORISTAS



Dicas rápidas para você aprender a não FODER com os outros motoristas que sabem dirigir, no trânsito caótico brasileiro.

1. No semáforo, deixe a porra da primeira marcha engatada e quando o sinal abrir arranque. Não espere que o motorista de trás tenha que te lembrar.

2. Quando um outro motorista ligar a seta avisando que precisa entrar na pista que você está, deixe de ser filho da puta e deixe o cara passar. Certamente vai acontecer com você um dia e tu vai ficar puto(a) e histérico(a) se o outro não deixar você entrar.

3. Se você não sabe fazer baliza, tenha humildade e procure uma vaga mais fácil ao invés de ficar fodendo a vida de quem está com pressa. Ah! Se você não gosta da merda do seu carro, problema é seu. Isso não quer dizer que os outros motoristas acham legal que fiquem dando totó nos seus carros para estacionar.

4. Largue de ser cavalo e aprenda que se a merda da placa do radar diz 60Km/h, é 60 de verdade e não 20 Km/h disfarçado, seu bosta.

5. A vida anda muito corrida, por isso, se você gosta de passear pelas vias a 30Km/h, faça isso as 5h da manhã babaca do caralho.

6. E por falar em passear, tem os vagabundos donos de rua que não saem da pista da esquerda e teimam andar a 20km/h numa pista de 80km/h. Se você ver alguém no seu retrovisor querendo passar, pode ser um mala filho de uma puta ou uma emergência. Como você não é a Mãe Diná, não vai te cair as pernas se deixar o apressadinho passar.

7. Que tal dar sinal de que vai entrar em alguma rua se você percebe que tem algum motorista esperando sua importante escolha?

8. Se o seu namorado vai te deixar na frente do shopping, deixem as preliminares para um local apropriado. Certamente não vai ser a última vez que você vai vê-lo, portanto, dê tchau e suma do carro, caralho !!!!

9. Essa é pra você, filho da puta frustrado sexualmente que adora botar o rabo numa moto barulhenta do caralho: Por que você não bota a orelha na merda do escapamento aberto e acelera? Todo mundo sabe que o barulho da sua moto é proporcional ao seu trato com as mulheres, Mané
.
Isso serve também para os idiotas que andam com aquela bosta de som alto , disparando alarmes por onde passam , e o pior é que esses filhos da puta não tem gosto para musica, só se ouve aquele batidão do inferno e esses bostas são tão burros que depois de um certo tempo vão ficar todos surdos , bando de babacas , porque não instala um alto falante no RABO e põe o volume no ultimo .

10. Nossa!!!, um acidente !!! Será que machucou alguém conhecido?? Qual é, nunca viu uma porra de uma lanterna quebrada? Então anda logo seu viado que você não precisa ficar olhando com cara de otário pra ver a desgraça dos outros ou qualquer coisinha que acontece no trânsito e andando como se estivesse num cortejo fúnebre.

11. Outra coisa que irrita são aqueles filhos da puta que geralmente desfilam com uma piranha do lado e param o carro na vaga de idoso ou de deficiente. Isso porque tem duas pernas e um cú funcionando, porque merecia uma surra pra realmente precisar estacionar ali. Então, mesmo na pressa, deixa de ser mané e vai procurar tua vaga! otário do carai.

12. Especial para nossos amigos da Polícia Militar e do DETRAN: Se é horário de movimento intenso, que tal escolher um local apropriado para parar a merda do carro e não fazer todo mundo andar a 40 Km/h prá ver a viatura nova com a porra das luzes ligadas se não tem nada acontecendo? Que tal cuidar de quem anda pelo acostamento ou tá com aquele Kombão fumacento todo
marrado
de arame fazendo lotação e atrapalhando todo mundo, ao invés de ficar revirando o carro dos outros pra achar uma merda de lâmpada queimada e dizer: Ahãaaaa !!!! Como é que a gente vai fazer agora? Ahãaa é a putaqpariu bando de manés.

Isto NÃO É UMA CORRENTE.


SE VOCÊ NÃO PASSAR, SEU BRAÇO NÃO VAI CAIR , MAS QUANDO FIZEREM UMA CAGADA NA FRENTE DO SEU CARRO... LEMBRE QUE VOCÊ NÃO COLABOROU .

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Denuncia de uso de dinheiro público por Kassab

DENUNCIA DE DINHEIRO PÚBLICO QUE SERÁ INVESTIDO EM OBRA PARTICULAR EM SÃO PAULO.

 

VÍDEO: matéria do Jornal da Record sobre CBF e Corinthians

Prefeitura de São Paulo pretende beneficiar Corinthians com R$ 420 milhões

ASSISTA O VÍDEO DA DENUNCIA DA TV RECORD E VEJA QUE O DINHEIRO QUE DEVERIA SER USADO EM HOSPITAIS, CRECHES, ESCOLAS, TRANSPORTE, ETC, SERÁ INVESTIDO NO FUTURO ESTÁDIO DA COPA. CLIQUE NO LINK ABAIXO:

 

 

BRASIL > AQUI VOCÊ É O PALHAÇO!

 

QUEM TEM VERGONHA NA CARA DIVULGA.

 

KASSAB NUNCA MAIS.

 

 

domingo, 29 de maio de 2011

Finishing - Fernando Pessoa

"Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a
alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que
damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.
Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu
para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem
explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as
razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua
vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste
imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos
estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos
sofrerão ao ver que você está parado.
Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando
tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes
tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que
revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor
intenção de voltar.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir
embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações,
mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que
tem.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está
acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de certas lembranças significa
também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos,
e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que
descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão
emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com
determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.
Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos,
promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre
são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo
que o que passou, jamais voltará!
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela
pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba,
mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem
era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que
sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele
veja quem tu és...
E lembra-te:
Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão."

Fernando Pessoa.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Matemática do mendigo

MATEMÁTICA DE MENDIGO

 

Tenho que dar os parabéns ao estagiário que elaborou essa pesquisa, pois o resultado que ele conseguiu obter é a mais pura realidade..

 

Preste atenção...

Um sinal de trânsito muda de estado em média a cada 30 segundos (trinta segundos no vermelho e trinta no verde). Então, a cada minuto um mendigo tem 30 segundos para pedir a 5 motoristas  e receber pelo menos de dois deles R$ 0,20 e faturar em media pelo menos R$ 0,40 o que numa hora dará: 60 x 0,40 = R$24,00.

Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá  faturado: 25 x 8 x R$ 24,00 = R$ 4.800,00.

Será que isso é uma conta maluca?

Bom, 24 reais por hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa nunca dá somente 20 centavos e sim 30, 50 e às  vezes até 1 Real.

Mas, tudo bem, se ele faturar a metade: R$ 12,00 por hora terá R$ 2.400,00 no final do mês.

Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de R$1,00 (o que não é raro), ele pode até descansar tranqüilo debaixo de uma árvore por mais 9 viradas do sinal de trânsito, sem nenhum chefe para lhe censurar por causa disto.

 

Mas considerando que é apenas teoria, vamos ao mundo real.

De posse destes dados fui entrevistar uma mulher que pede esmolas, e que sempre vejo trocar seus rendimentos numa conceituada padaria. Então lhe perguntei quanto ela faturava por dia. Imaginem o que ela respondeu?

 

É isso mesmo, de 120 a 150 reais em média o que dá (25 dias por mês) x 120 = 3.000  e ela disse que  não mendiga 8 horas por dia.

 

Moral da História :

É melhor ser mendigo do que estagiário, e pelo visto, ser estagiário é pior que ser Mendigo...

Se esforce como mendigo e ganhe mais do que um estagiário.

Estude a vida toda e peça esmolas; é mais fácil e melhor que arrumar emprego.

 

E lembre-se :

Mendigo não paga 1/3 do que ganha pra sustentar um bando de ladrões.

Viva a Matemática.

 

 

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Déjà Vu




Déjà Vu
Pitty
Composição : Peu Sousa / Pitty


Nenhuma verdade me machuca
Nenhum motivo me corrói
Até se eu ficar só na vontade, já não dói
Nenhuma doutrina me convence
Nenhuma resposta me satisfaz
Nem mesmo o tédio me surpreende mais

Mas eu sinto que eu tô viva a cada banho de
chuva que chega molhando meu corpo nu

Nenhum sofrimento me comove
Nenhum programa me distrai
Eu ouvi promessas e isso não me atrai
E não há razão que me governe
Nenhuma lei prá me guiar
Eu tô exatamente aonde eu queria estar

Mas eu sinto que eu tô viva a cada banho de
chuva que chega molhando meu corpo...


A minha alma nem me lembro mais
em que esquina se perdeu
ou em que mundo se enfiou

Mas já faz algum tempo
Já faz algum tempo
Já faz algum tempo
Já faz algum tempo
Faz algum tempo...

A minha alma nem me lembro mais
Em que esquina se perdeu
ou em que mundo se enfiou

Mas eu não tenho pressa
Já não tenho pressa
Eu não tenho pressa
Não tenho pressa







Gisa Lima

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Que país é esse?!?!?!

ZELADOR QUE PEDIU PARA SER DEMITIDO

Interessante e verídico!!!

O zelador de 1 prédio em Natal/RN , pediu à administração do condomínio onde trabalhava que o demitissem.

Contou o motivo; tem dois cunhados desempregados, lá mesmo em Natal, e que, por conta da Bolsa Escola, Cartão Cidadão, Cartão Alimentação, Vale Gás, Transporte Gratuito, Vale-Refeição (acreditem - Vale-refeição) e demais benefícios do nosso governo, dadas a título de esmola, vivem melhor que ele.

Aí paramos e fomos fazer umas continhas:
1. Bolsa escola - R$ 175 para cada filho que freqüente as aulas (2 filhos) ..... = R$ 350,00 (em dinheiro)
2. Cartão cidadão (cujo intuito é restituir a cidadania).... = R$ 350,00 (em dinheiro)
3. Vale gás (um por mês) ........................................................................... = R$ 70,00
4. Transporte (calculamos 4 passagens diárias, que é uma boa média) R$8,00/dia x 20 dias . = R$ 160,00
5. Vale refeição (um por dia) R$ 3,50/dia x 30 dias x 4 pessoas (ele a Esposa e os dois filhos) = R$ 420,00

Total em dinheiro ..................................................................... = R$ 700,00
Total em serviços ................................................................... = R$ 650,00


Total mensal ........................................................................... = R$ 1.350,00


Meu Deus!!!!
Quanto VC ganha por mês TRABALHANDO????

Obs.1 : O salário do zelador acrescido de horas extras e tudo mais girava em torno de
R$ 830,00/mês.
Obs.2: Tudo isso é o estabelecido pela *LEI No 10.836, de 09 DE JANEIRO DE 2004*.

Duvida (?????) , então consulte:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Lei/L10.836.htm


Como o zelador tem três filhos em idade escolar, para ele é vantajoso ficar
desempregado e ter esses benefícios. Seu 'salário desemprego' irá girar em torno de R $ 1.525,00, quase o dobro do que ganha trabalhando.

Como diria o Boris Casoy (expurgado da TV por se opor ao Lula, agora na TV BANDEIRANTES): 'ISTO É UMA VERGONHA!'.

Sabe quem paga por isso?

'NÓS', os 'OTÁRIOS'

Distribuir a renda, correto, mas isso é ESMOLA em exagero e o pior com o nosso suor.

Porque você acha que o Nordeste em peso votou no Lula?

PORTANTO:


"Trabalhem duro porque

milhões de pessoas que

vivem do Fome-Zero e do

Bolsa-Família, sem

trabalhar, dependem de

você."

AHHH! E agora também

vai ter a Bolsa- Celular e a

Bolsa Cultura ( R$ 50,00

por mês para irem ao

cinema!!!!)!!!!!



Trabalhar pra quê???????

ESSES SÃO OS ELEITORES

COMPRADOS E QUE NÓS

ESTAMOS SUSTENTANDO

PARA MANTER A

FARRA !!!

PS.: Alguns desses valores já tiveram alterações.

Gisa Lima


"pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo"

Related Posts with Thumbnails

GREENPEACE